quarta-feira, 16 de maio de 2007

E o Papa... É POP!




Após uma semana de adorações e mordomias, o Papa retorna ao Vaticano. Com presentes e lembranças de uma estadia de luxo no Brasil, nos deixa mais um santo e alimenta uma esperança no coração dos brasileiros, aquela velha conhecida, de que tudo vai dar certo, basta ter fé!
E eu pergunto, o que acrescentou na vida de vocês essa visita? Pois bem, na minha, muitas coisas!
Aprendi que a hipocrisia ainda existe, e esta mais presente que nunca. Que Deus não é a resposta, mas sim a desculpa pra tudo, e principalmente, que ter fé custa caro.
Não consigo achar normal que dezenas de pessoas morram todos os meses com a violência do RJ, e que ninguém faça nada por isso. Mas basta que o ‘Sumo Pontífice’ chegue ao país pra que toda segurança seja colocada nas ruas.
Lençóis de algodão puro, roupas de tecido egípcio com detalhes em ouro, chefs de cozinha, moveis feitos à mão, custódia de ouro e toda uma regalia descontrolada, pra que?
Pessoas morrem de AIDS diariamente, e enquanto o Papa diz que usar qualquer método anticoncepcional é pecado, tem bispo na África distribuindo camisinha e ganhando fiéis. Com razão! Se a preocupação é a melhoria de vida no mundo, porque deixar morrer tanta gente se existe prevenção? E essa história de que sexo só serve pra procriar, já era!
Na sexta-feira, enquanto assistia os exageros alimentares do Papa, duas crianças chamavam na frente da minha casa pedindo um prato de comida. Isso é justo? A fé vai mudar essa realidade também?
Se o Papa é o representante de Jesus na terra, porque não se comportar como tal? Põe um par de havaianas, sobe na Rocinha e vai pregar a fé entre os homens, dar uma esperança a quem não tem mais chão.
Afinal, se Jesus indicou Pedro para isso, porque cargas d’água o homem tem que mudar tudo?



Já que o assunto é polêmico, seguem outras opiniões:

"Apesar de respeitar todas as religiões, acho que o papel do papa é um pouco fantasioso, pois temos exemplos de muitos padres que atuam nos movimentos sociais ativamente, fazendo algo pela sociedade... A visita do papa pode ate ser importante, mas a mídia, o comercio e o poder público tornaram o evento apenas uma festa. Bandeirinhas, camisetas tudo para movimentar a economia... Sinto que ao invés de exercer seu papel de sumo sacerdote exalando a paz pelos povos, o Papa veio dar autógrafos a um povo que na semana que vem continuará passando fome, procurando emprego e vivendo com medo da criminalidade que ronda o país"

Luis Henrique, acadêmico de CS - Jornalismo

"Eu penso que visitas de Papas, nomeações de santos, e tudo que a igreja católica anda fazendo não passa de jogada política para atrair os fiéis que estão se perdendo. Muitos santos foram canonizados por João Paulo II, mais por ele que pelos outros todos somados. Hoje está tudo começando de novo com Bento XVI. A igreja pra mim, apesar de católico e acreditar em Deus, hoje é a maior empresa do mundo. Maior que a micosoft. Um pesquisa publicada ha algumas semanas mostrou que o aumento no católico no Brasil após a canonização de frei Galvão, de Madre Paulina e da visita do Papa aumentou em 11%. Portanto, tudo o que eles queriam.
Muita gente aproveita também, entre mídia, político, pessoas comuns, pra se dizerem totalmente fiéis e não pecadores nessa vinda do Papa, ao falar com ele, ou ao falar dele. O que você sente quando passa o Papa ou o padre e faz um sinal sem nem olhar pra tua cara dreito? Eu sinto nada. Ele não é o escolhido de Deus, mas sim o dos homens, tanto que é feita uma eleição pra eleger Papa. É eleito quem tem melhor relacionamento e que pode fazer o catolicismo de manter forte e dominador do mundo. HIPOCRISIA!!!"

Fabricio Espíndola, acadêmico de CS - Jornalismo


"Quanto a visita do Papa, claro que eles fazem um exagero terrivel... Com certeza é muito dinheiro jogado fora, mas acredito que ele também venha por causas nobres. Vários dos encontros que ele vai ter, vão ser de grande valia, e te confesso que tinha vontade de estar lá, porque o Papa é o maior representante de Deus na terra. Também não concordo com algumas questões que eles são contra, como por exemplo o uso da camisinha. Mas eles ainda tem uma visão meio antiquada sabe, leva tempo pra mudar o discurso. O aborto, na minha opinião, tem maneiras e maneiras de proibir... É muito facíl sair por aí transando a torto e a direita, e quando se ve no aperto resolver abortar. Mesmo que até o terceiro mes seja apenas um feto e não uma vida, no futuro vai ser uma vida, entende?! A gente ta aí pra viver, e acredito que Deus escreve certo por linhas tortas, então nada é por acaso em nossas vidas, e não é justo a gente tirar a vida que está para nascer! Lógico que existem aqueles casos mais complexos, como nos estupros. Aí sim, talvez eu concordasse, mesmo não sabendo como agirira. É complicado a gente ter um filho de alguem que nem se sabe de onde veio... Mas vários otros assuntos como a eutanásia, a pena de morte, que penso como a igreja sim. Quem somos nós para tirarmos a vida de alguém? Até parece que estamos querendo 'brincar de Deus'!"

Louise Darós Fernandes, acadêmica de CS - Jornalismo



"O Papa ta no Brasil? hehehe
Eu, uma católica afastadérrima da igreja, das missas...Aliás afastada de hipocrisia, que tem um monte por aí, por lá.
Pronto desandei, agora seguraaaaa.
Creio em Deus, peço e agradeço a Jesus... Ta bom, peço mais do que agradeço. Muitas vezes eu não sou a única.
Quisera eu, como muitos que eu creio pensarem assim também, "dar de comer a quem tem fome”... Esse frio, quantos congelando? De dia, á noite. Sem teto, sem um edredon. Tá bom falar é simples, agir é f...! Só que eu, bem modestamente, ajudo quem posso, e quando posso.
Nego dinheiro. Nego mesmo! Não sei que fim ele vai levar. Comida, nunca.
E é (perdi a palavra agora)...
Achei!! É gratificante ver a reação das pessoas a um prato de comida, um pão...
Roupas então... Tão simples revirar um roupeiro. Com certeza tem peças sobrando ali.
Aí vem o " cara" pro Brasil, com todas as pompas: Chef´s de cozinha de vários lugares e " sabores", pratos especiais, tecido da veste vindo do Egito, feito do mais puro algodão ou sei lá o que
( Podem me criticar, to aberta a isso, hehehe)
Ah por favor! Come um pãozinho com manteiga que tá muito bom.
Pra que todo este glamour?
Hipocrisia!
E ainda recrimina o uso da camisinha? Pode isso?
Espero poder ver ainda, um dia, estes valores mudarem.
Eu tenho os meus... Posso até mudar amanhã minha opinião sobre alguns assuntos, mas sobre o cara, “pelamor filha”, não me pergunta mais nada.
Ah, eu não falo da pessoa em questão, virão muitos ainda com certeza. Porque eles são os sucessores de Pedro.
Mas será que Pedro levava a palavra de Cristo dessa maneira " tão dourada"? Não creio."

Dona Léééééiia, minha 'maim'!

9 comentários:

Luiz Henrique Fogaça disse...

o papa foi embora....deixou isso aqui tudo empapado....e a gente....???

amanha de novo levantar cedo, trabalhar, estudar....PaPa nao boa....fica ai no teu mundinho..se nao é pra ajudar tbm nao atrapalha!

Leandro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LEP disse...

O Papa é um representante. É o Representante da Igreja Católica.

Se viesse pra cá qualquer outro representante de país, empresa, estado, ou afins ele seria muito bem recebido, com todo o conforto apropriado e ninguém falaria nada.

E não quero entrar aqui na questão do Papa ter 80 anos de idade, mesmo não aparentando, e precisa sim de certos confortos devido à idade avançada.

Contudo, a Igreja tem sim seus fundos, muitos ainda legados dos tempos de Inquisição, onde pelo menos sabidamente e comprovadamente a minha Igreja (sim, sou católico) era corrupta e extorquia os "pobres fiéis." Um lado cinza que infelizmente aconteceu na história da Igreja e não pode-se negar, apenas se redimir. E essa estadia toda foi paga com o dinheiro da própria Igreja.

Claro que o Governo brasileiro quer mostrar ao mundo que é rico, que pode sediar uma estadia luxuosa de do Papa, um Pan-Americano, uma Copa Mundial, enfim, e gastou com um alto contingente de militares na rua, com presentes caros, com móveis e bibibi. Que culpa tem o Papa? O erro é genuinamente brasileiro.

Isso tem limite de caracteres? Espero que não. Continuando...

A questão da camisinha. A Igreja prega a castidade e a fidelidade entre casais. A partir do momento que ela "libera" o uso da camisa de vênus, ela estará se contradizendo. É como se aprovasse o sexo antes do casamento e o adultério. Visto que camisinha tem dois fins: evitar gravidez e doenças sexualmente transmissíveis. Do contrário, se o católico seguir os sacramentos da Igreja, castidade e matrimônio, e ser fiel aos mandamentos ele não precisará da camisinha.

Concluindo, acho que a visita dele foi extravagante no sentido de imprensa e governo quererem mostrar ao mundo uma imagem que não condiz com nossa realidade. Mas novamente já não caberia ao Papa evitar tais exageros.

Léia disse...

Então foi o que eu quis dizer,só não de maneira tão bem escrita,rss...
As leis da igreja devem mudar sim!
Precisam mudar sim!
Papas,papas,papas,virão...Como eu disse nd contra a pessoa em questão que assumir tal posto,e sim contra as rigorosas leis,e sou contra mesmo sobre a maneira exagerada da recepção.
Palavras bonitas não mudaram minha
opinião.
E convenhamos,é como procurar uma agulha em um palheiro,um jovem,ou não,católico que nos dias de hj nã
mantenha relações sexuais.
Uso de camisinha sim!

Anônimo disse...

Ao ler o comentário do Lep, não pude deixar de comentar, principalmente a questão da idade avançada do papa. Na verdade, tenho opinião formada acerca de toda essa visita, e tentativa de resgate de fiéis, que ao longo dos anos se afastaram da Igreja Católia. No entanto, achei importante sugerir momentos de reflexão sobre a situação dos cidadãos da terceira idade que residem no Brasil. Observamos, e alguns até podem (e/ou devem) comemorar o aumento da expectativa de vida dos brasileiros. Entretanto, será que nossos idosos estão sendo tratados como devem? Escrevo isso tudo, com a certeza de que viver bem não significa usar alta costura, dormir em verdadeiros "berços de ouro", e todas as atribuições já citadas ao longo do texto da dona do blog. Não que eu deseje toda essa pompa aos nossos velhinhos (acho que nem eles pedem tanto), mas desejo sim, saúde, direitos e uma boa qualidade de vida. Isso sim todos os brasileiros merecem e pagam na forma de impostos para ter.
Termino por aqui antes a msg fique muito cansativa. Parabenizo a criadora desse espaço pela proposta de debate.

Anônimo disse...

Meu comentário aí de cima entrou como anônimo por não ter conseguido inserir meu nome. Me chamo Gabriela, e sou do RJ.

Léia disse...

Então Gabriela,eu eu não tive intenção de argumentar sobre a idade do Papa,e sim da maneira em q foi tratado,todo o aparato tão cheio de estrelismo;é nisso q não concordo,enquanto o Brasil tá um verdadeiro caos.
Quando ao resgate de fiéis a igreja,tb acho importante,embora eu seja nascida católica,por muitos anos tenha participado de missas,e ter feito todos os sacramentos,ainda sinto de falto de algo a mais que me leve de volta.
Não concordo c/ as ostentações,seja ele de idade avançada ou não.

Gabriela disse...

Léia, entedi seun ponto de vista. Respeito e concordo em muitos aspectos. O que eu falei sobre a idade, foi em relação a um outro comentário, que acabava por justificar as ostentações em decorrência da idade do Papa.
Beijos

Maga Colonetti disse...

Também acho que houve exagero no recebimento do Papa, que esse dinheiro gasto poderia ter sido investido em projetos e na ajuda de pessoas. Mas confesso, que ao ver o Papa na TV, me emocionei. Também confesso que pensei: ah eu preferia o outro. Querendo ou não, ele tem grande importância para a maioria da população brasileira, que é católica. Já fui coroinha, já trabalhei na igreja por três anos (aham!!! hauahu), e ainda acredito que muita coisa tem que ser mudada. Não só na igreja, mas principalmente as pessoas. O homem precisa começar a enxergar além do seu umbigo. O governo precisa parar de aumentar seu salário, porque com o dinheiro que sobra, poderia ser feito muita coisa. Ah, e parar de roubar também, porque tudo o que já foi roubado, daria para deixar a nossa população rica. E o que foi gasto com o Papa, não seria nada. O Brasil é poderoso, temos um povo poderoso, mas do que adianta,se ainda faltam várias mudanças. Falta mais amor. Eu acho que falta amor no mundo. amor pelas pessoas, e não pela grana.

Deixa o Papa, e a visita dele. Infelismente esse é um dos nossos menores problemas. E viram como conseguiram nos desviar deles?

Bjuss JU!